Sede agradecidos

Passam hoje exactamente 3 meses desde o meu último post. Os 92 dias que os separam foram um verdadeiro turbilhão. O consultório encerrado para uma remodelação que de 3 semanas se fez 3 meses – e a penalização económica correspondente. A gravidez de risco da S. que a obrigou a repouso absoluto. As doenças do J. e da I. que os aborreceram por semanas.

“E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações;” (Colossenses 3:15)

Apesar de tudo houve paz. O tempo que passei em casa permitiu-me acompanhar a fase difícil da S. e dos filhos. Se estivesse a trabalhar teria sido bem mais difícil. E, mesmo não trabalhando, Deus supriu as nossas necessidades.

Durante esse tempo, Deus colocou um cântico no nosso coração. Chamamos-lhe “Vida Real”. A certa altura diz assim, “Sem o Teu amor eu já não sei viver. És tudo o que preciso para uma vida real“. O texto de Colossenses citado acima exorta-nos a deixarmos para trás tudo o que é velho na nossa vida e a revestirmo-nos de Cristo. O verso 14 diz: “(…) revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição.” Mergulhados no Amor do Pai somos dominados pela Sua Paz, que vai muito além do nosso entendimento. Essa é a Vida Real!

“E, sede agradecidos.” (Colossenses 3:15)

Hoje, sentado com a filhota recém-nascida no braços, abraçado pela S., juntinho ao J. e à I., tenho apenas uma coisa a dizer:

“Obrigado, Pai.” 

About these ads

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s