O ceticismo e o cinismo

O ceticismo e o cinismo são ao mesmo tempo o que tira a esperança e o que produz passividade. Tantas pessoas, incluindo jovens cristãos, são passivas e queixam-se de não conseguir mudar nada. Ao mesmo tempo não veem que na realidade têm muito mais oportunidades das quais podem fazer uso e que há sempre muitas opções de mudar pelo menos uma coisa e não ficar à espera que alguém faça por eles. O cinismo destrói a igreja, a comunidade, a política, e mesmo a instituição do casamento. As pessoas que sabem que no fim tudo vai correr mal, que por trás de tudo há uma nuvem negra, que a igreja só quer poder, que o casamento é só uma folha de papel, no fim muito provavelmente vão acabar por ver o cumprimento dos seus medos e vão acabar só com queixas e indolência.

Extraído do Guia de Oração: Semana Universal de Oração 2014