O Vigia sobre o muro

“Os mestres da igreja devem desvendar todas as partes gloriosas da Escritura e todas as partes difíceis, todas as promessas e todos os avisos, todas as bençãos e todas as maldições, todas as partes que nos fazem sorrir e todas as partes que nos fazem franzir o rosto.

Ó pastores, que nunca aconteça que alguém que esteve debaixo da tua pregação ou alguém debaixo do teu cuidado pastoral possa estar diante de Deus no Julgamento Final e dizer: “Nunca ninguém me disse que eu precisa de um Salvador.”

Reverendo Kevin DeYoung

(podes ler o artigo completo em inglês aqui)

Anúncios

Indiferença

Indiferença

“O que me assusta não são as acções e o gritos das pessoas más, mas a indiferença e o silêncio das pessoas boas.” (Martin Luther King, Jr.)

Na passada terça-feira, na IEAveiro, ouvimos falar de Jonas.
Jonas conhecia a Deus. Ele era um servo de Deus, um profeta. Mas, o seu coração estava completamente endurecido para a miséria dos que estavam à sua volta. Do alto das suas bençãos e conforto, ele desprezava todos os que não estavam com ele.
Uma inquietante pergunta surge no ar:

“Sou eu diferente de Jonas?”

O clamor à nossa volta faz-se ouvir:

“Como podes ficar aí a dormir? Levante-te e clama ao teu deus! Talvez ele tenha piedade de nós e não morramos”.
(Jonas 1:6)

Não feches nem os teus ouvidos, nem o teu coração, nem as tuas mãos. Vai e sê uma benção!