O modo de Deus :: Devocional

11.Maio :: Provérbios 24:29

“Olho por olho, dente por dente”, é assim que muitos interpretam o Deus da Bíblia. Veêm crueldade nas Suas atitudes e mandamentos. Pressentem vingança em cada acto de justiça. Apontam o dedo ao Seu zelo pela Santidade. Ao olhar para Deus desta maneira somos tentados a agir de igual modo. Convenhamos que a vingança é sempre mais fácil do que o perdão.

Mas, a natureza de Deus não é essa. Nem os seus ensinamentos apelam à violência e crueldade. A ordem de Deus é responder à ofensa com amor, à inimizade com misericórdia, e ao prejuízo com generosidade. (Mt.5:38-44)

A vingança produz mais violência, mas o Amor lança as bases da Paz.

  1. Como costumas lidar com as pessoas que te ofendem ou prejudicam?
  2. Amar os inimigos é tarefa difícil. Ora a Deus para que Ele mude o teu coração e o encha do Amor perfeito capaz de “amar o próximo como a ti mesmo”.

Vendetta :: Devocional

17.Abr :: Provérbios 20:22

O espírito de vingança é a força motriz de muitos filmes, novelas e romances. Neles, um dos protagonistas, vive obcecado com a idéia de retribuir quintuplicado o mal que lhe foi feito, a ele a aos seus queridos. Essa obsessão torna-o amargurado, mau, prepotente, e limitado nas suas opções. Toda a sua vida está direccionada para a vingança e quando ela chega, ou não, o seu mundo acaba, porque perde a razão de viver.

O espírito de vingança nasce de um sentimento de auto-preservação exagerado. Reagimos com violência contra tudo e todos que nos prejudiquem, ainda que involuntariamente. E, no processo de destruir os outros, destruímo-nos a nós mesmos.

Deus apela a um caminho diferente. Um caminho de mansidão, uma força controlada e não de fraqueza. Ser capaz de não retribuir o mal com mal é o sinal de verdadeira força. Ser capaz de retribuir o mal com bem é o sinal da força maior de todas, o Amor de Cristo reflectido em nós. Mansidão. Perdão. Descanso. Esperar em Deus, para que dê a justa retribuição a cada um pelos seus actos é libertador. Liberta a nossa vida, mente e coração, para viver todo o potencial que Deus preparou para nós. Sem ficarmos amarrados a um passado doloroso, avançamos para a Vida Abundante que Ele dá.

  1. Há um contraste grande entre vingança e mansidão. Faz uma lista de prós e contras de cada um e reflecte sobre qual das atitudes trás maior benefício para ti.
  2. Por que é que a mansidão não pode ser confundida com fraqueza?
  3. Há algum relacionamento que precises restaurar? Ora a Deus e pede que Ele mude o teu coração e o da outra pessoa envolvida. Depois, age. Busca a reconciliação.