O cárcere recebe boas-novas de esperança e reconhecimento. A liberdade das ruas, presságios de julgamento e repentina destruição. O paradoxo não podia ser maior!

João Baptista, encarcerado e com poucas hipóteses de escapar com vida, envia emissários a Jesus. “És tu?” Talvez a sua fé vacilasse um pouco, ou simplesmente precisasse do conforto da resposta. Era por Ele que suportava os grilhões. Era por Ele que não abdicava da sua missão. Era por Ele.

Jesus aponta as evidências. Não há censura ou desapontamento pela pergunta. A voz dos que buscam é sempre escutada. E respondida. A resposta vai além do esperado. O elogio público de Jesus a João Baptista coloca-o no lugar mais livre de todos – o da aprovação divina. Não há cadeias, muros, ou grilhões que diminuam essa liberdade.

O contraste com a multidão que O seguia era desconcertante. Eles, que podiam ir e vir conforme entendessem, que viam e ouviam em primeira mão as evidências que apontavam Jesus como o Messias, não entendiam. E, por isso, mesmo estando livres, não conheciam a liberdade.

A Graça alcança aqueles que suspiram por ela. Quando buscamos a Deus nos termos dele e não nos nossos. Isto significa, algumas vezes, não pedir libertação de um problema mas o conforto para enfrentá-lo. Outras vezes, aceitar aquilo que Deus nos dá, ainda que no momento pareça não fazer um sentido claro para nós.

Aceitar a revelação simples que Deus faz de si mesmo é encontrar o caminho do descanso. Este é um caminho que se faz lado a lado com Jesus. Todos os fardos deste caminho são leves, porque não os carregamos sozinhos.

O meu jugo é suave, e o meu fardo é leve.

.

_____________________________________________________________

Clique para ler Mateus 11.

Clique para ler ou descarregar Olhar a Bíblia: Mateus 11.pdf

Anúncios

Partilha os teus pensamentos:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s