O dia da angústia :: Devocional

9.Maio :: Provérbios 24:10

A crise económica e financeira global em que o mundo mergulhou em 2008 revelou algumas surpresas. Uma delas foi a Islândia, país colocado nos lugares cimeiros do Índice de Desenvolvimento Humano da ONU – ficou mesmo em 1º lugar em 2007 -, e dado como exemplo de uma das nações mais prósperas do planeta. Com o abalo do sistema financeiro muitos bancos islandeses entraram em colapso arrastando consigo a economia do país a uma situação de bancarrota. Foi necessário pedir ajuda externa a entidades como o FMI para garantir o futuro da nação.

Se meses antes alguém vaticinasse este futuro para a Islândia provavelmente ninguém lhe daria crédito. Muito menos os islandeses, habituados que estavam a um estilo de vida bastante confortável, mas, muito acima das suas reais capacidades.

Tal como Jesus ensinou há 2000 anos atrás, o que importa não é a espectacularidade das nossas construções. A parte mais vital é aquela que não se vê: os alicerces. É no momento da prova, das dificuldades, da angústia, que se vê quem é forte e quem não é. (Mt.7:24-27)

  1. Consideras importante ser colocado à prova? Porquê?
  2. Qual é o mais importante alicerce da tua vida? Responde com sinceridade.
  3. Considerando o ensino de Jesus, há alguma coisa que deva mudar no modo como constróis a tua vida?

Sr. Forte :: Devocional

8.Maio :: Provérbios 24:3-5

O meu filho João tem uma t-shirt – é mesmo uma das suas preferidas – com um boneco em pose atlética que se chama “Mr. Strong” – o “Sr. Forte”. Sempre que veste aquela camisola é vê-lo andar a mostrar os seus músculos a toda a gente!

Todos queremos ser fortes. E gostamos de exibir a nossa força, porque ela conquista um espaço para nós. Exibimos os títulos académicos, os feitos profissionais, as contas bancárias, as conquistas amorosas, as maroscas em que fomos bem-sucedidos. É a nossa força. Aquilo que diz aos outros que nós somos capazes, bons e temíveis.

Quando nos comportamos assim, agimos como o meu filho, exibindo orgulhosamente os músculos que só existem ainda na sua imaginação. A verdadeira força vem de outro lugar. Não é palpável, nem exibível na forma de cartão de visita.

  • Sabedoria – a capacidade para agir da maneira acertada, capacidade de identificar os erros e corrigi-los.
  • Entendimento – capacidade de compreender, de perceber a realidade, inteligência.
  • Conhecimento – conjunto daquilo que se sabe, informação, ciência.
  1. A imagem que transmitimos aos outros é muito importante no estabelecimento dos nossos relacionamentos. Como poderemos competir num mundo que “joga” com regras tão diferentes daquelas que Deus propõe?
  2. Considera os dois padrões de força que apresentamos. Qual deles pensas que produzirá melhores frutos a médio-longo prazo? Porquê?