O guia :: Devocional

18.Abr :: Provérbios 20:24

Há viagens que não podem ser empreendidas sem um guia. Uma expedição na Amazónia. Um safari em África. A escalada do Evereste. Pela perigosidade e complexidade da expedição, ir sozinho é quase garantia de tragédia. O guia, no entanto, sabe dirigir os nossos passos pelos caminhos seguros, sabe reconhecer e prevenir os perigos, ao mesmo tempo que nos faz desfrutar de todo o esplendor da jornada. Nem sempre entenderemos as escolhas do guia. Por vezes, gostávamos de fazer diferente. Mas, isso é arriscar a vida.

Diz o texto de hoje que o Senhor é o guia. Ele sabe dirigir os nossos passos pelo melhor caminho. E, sem o Seu auxílio, não podemos entender por onde andamos.

  1. É frequente ouvirmos as pessoas desabafar que não entendem a sua vida ou circunstâncias. Já te sentiste assim? O que fizeste para re-encontrar o teu caminho?
  2. Quais as implicações de tomares Deus por guia?

Quem te avisa… :: Devocional

11.Abr :: Provérbios 19:27-29

“Pára de te desviar do caminho certo!” – este é o mote do texto de hoje. Temos uma grande tendência para ignorar todos os avisos e seguir por onde nos apetece. Somos como aqueles condutores que sabem sempre por onde vão, não precisam de mapa, desdenham dos sinais de trânsito e acabam sempre perdidos, ou, numa cena à filme, atolados num pântano com a família toda a gritar: “Nós bem te avisamos!”

O orgulho insustentado e a arrogância tola que o pecado produz em nós leva-nos a agir assim. Mas, Deus mostra-nos o caminho certo. E, mostra-nos também o fim do desvio que escolhemos: uns bons açoites por termos sido tão tolos a ponto de desprezar a Sua instrução.

  1. Qual a tua relação com a Palavra de Deus?
  2. Quando a tua vontade está em contradição com a Palavra de Deus quem ganha normalmente? Porquê?
  3. Ora a Deus e pede-Lhe que dirija sempre os teus passos pelo caminho da vida.

Gabinete de crise :: Devocional

9.Abr :: Provérbios 19:21

Há uma cena que se repete nos filmes de acção americanos sempre que o país está sob ataque eminente. Uma reunião de emergência com as principais figuras de Estado. O clima é tenso. Os rostos fechados. Opiniões disparadas em todas as direcções. Contraditórias. No fim, alguém pergunta: “Mr. President?”

O Presidente olha em volta. Demora-se. Todos estão suspensos no que ele vai decidir. A palavra final é dele. Ele tem o poder de contrariar qualquer conselho. De revogar qualquer ordem. Ele é o homem que tem as chaves para desbloquear o impasse.

Quando penso no versículo de hoje é uma cena parecida com esta que imagino. Os Homens cheios de planos e intenções. São esforçados e dedicados. Investem tudo para atingir o desejo dos seus corações. Mas, no final, é a vontade de Deus que prevalece. Que trágico, pois, que tantos não incluam o conselho de Deus nas suas vidas.

  1. Identificas-te com o que foi dito anteriormente?
  2. Quando fazes planos para o futuro costumas considerar o que Deus pensa sobre isso?
  3. Quando falhas, costumas avaliar quais os motivos que produziram esse resultado? (se não fazes isso, talvez seja altura de começares) Qual a razão mais frequente que encontras?

Conselhos :: Devocional

20.Mar :: Provérbios 11:14

“O conselho raramente é bem recebido e quem mais necessita dele é quem menos o aprecia.” – Philip Chesterfield.

  1. No teu processo de tomada de decisões tens em consideração a opinião dos outros?
  2. Como costumas lidar com a crítica?
  3. O melhor conselho vem de Deus. De uma maneira prática, como achas que  podes considerar o seu conselho no teu dia-a-dia?

Instrução e sedução :: Devocional

2.Mar :: Provérbios 1:8-19

O meu avô paterno era um apreciador de pássaros. Chegou mesmo a fazer criação de canários e pintassilgos. Eu gostava muito de o ver cuidar deles. E também de o acompanhar quando ele ia para o campo, levando consigo armadilhas artesanais que ele mesmo fazia, na tentativa de capturar algum novo exemplar ou um fugitivo.

Era um trabalho de minucia e paciência. Um jogo de sedução. Horas a fio sentado à espera. Preparar o engodo. Dissimular a armadilha. É preciso criar um clima de segurança e confiança para que os pássaros se aproximem. E, depois, sucesso!

O texto ditingue instrução e sedução. A instrução conduz ao crescimento e maturidade, atraíndo benção a nossa vida. A sedução apresenta-se como uma boa alternativa de vida, mas não edifica e conduz à ruína.

  1. Enumera os benefícios da instrução e os prejuízos da sedução.
  2. O vs.17 fala da subtileza com que o pecado nos engana. Podes identificar um momento em que isso tenha acontecido contigo? No futuro, como poderás resistir?

____________________________________________________

Arquivado na nova secção Devocionais.