A prática da intimidade com Deus – 8 bases bíblicas

Hoje reli uma reflexão que coloquei aqui há quase dois anos atrás. “Onde estás?” fala da busca de Deus por nós. Mas, a intimidade de Deus também é o desejo de todos os Seus filhos. Embora essa experiência seja sobretudo um processo espiritual, logo, não palpável, a Bíblia aponta várias estratégias que devemos empregar no nosso dia-a-dia para perseguir a comunhão vital com o Senhor. Eis algumas delas:

  1. Fica a sós com Deus. A intimidade nunca será possível sem comunhão. Sei bem que as vidas agitadas que temos não nos deixam muito tempo livre – embora isso seja quase sempre mais uma desculpa. Jesus é o nosso maior exemplo nisto. Mesmo quando rodeado por multidões que solicitavam eufóricas a sua atenção, ele muitas vezes se retirava para o monte para estar só. (Jo.6:1-15) Só com o Pai. (ler mais…)
  2. Sê disciplinado. Nenhum atleta desleixado será vencedor. Os vencedores são disciplinados. Toma o exemplo de Daniel, que sendo superintendente do maior reino dos seus dias, tirava 3 momentos para orar ao Senhor. (Dn.6:1-11) Ele era um homem ocupado, e muito pressionado, mas, era disciplinado na sua busca por Deus. (ler mais…)
  3. Aprofunda-te na Palavra. Não podes ter intimidade com alguém que não conheces. Para conheceres Deus tens de buscá-lO na Sua Palavra. Não te satisfaças com o que ouves na pregação dominical. Em casa, abre a tua Bíblia e medita no que Deus tem para te dizer. (Sl.1:1-2) (ler mais…)
  4. Integra Deus no teu dia-a-dia. Deus não existe só ao Domingo, ou só está na casa de oração. Ele está contigo por onde quer que andares. Aprende com o exemplo de Neemias, e integra Deus no teu dia-a-dia, e nas tuas decisões. (Ne.2:4) Vive como se Ele estivesse presente, porque está mesmo. (ler mais…)
  5. Junta-te aos santos. As más companhias corrompem os bons costumes. (1Cor.15:33) Mas, como o ferro aguça o ferro, os homens aperfeiçoam-se no confronto com os outros. (Pv.27:17) Junta-te a irmãos na fé mais experientes e que te ajudem no crescimento. Aprende com eles.
  6. Sê honesto/sincero. Não tenhas medo de te expôr perante Deus. Ele já sabe tudo a teu respeito. Não há fórmulas, nem palavras certas. O teu coração sincero e contrito é tudo o que Deus quer. Expõe-Lhe os teus medos, angústias, lutas, fracassos. Ele cuidará de ti. (Fl.4:6-7)
  7. Sê grato. Não uses Deus apenas como uma forma de resolver os teus problemas. Dá-lhe a honra e o louvor que Ele merece por todo o bem que te tem feito. Sê grato. Perante Deus, mas, também perante a Igreja e os Homens. (Is.12:4) Para que todos saibam que o teu prazer está em Deus e que o bem que há em ti tem n’Ele a fonte.
  8. Sê obediente. O pecado é o mais poderoso impedimento da comunhão com Deus. Por isso, busca arrependimento, confessa e deixa que Deus te restaure. Depois, vai e não peques mais. Medita na vontade do Senhor e procura obedecê-la em tudo. (Tg.1:22-25) A obediência é o contrário do pecado. A santidade é a sua consequência. A intimidade com Deus a sua recompensa.

Qual a tua experiência na busca da intimidade com Deus?

Mantém-te ligado nos próximos dias enquanto exploramos cada um destes passos.

Anúncios