Hoje, ao chegarmos ao infantário, duas jovens passaram por nós e o J. comenta:

“Não gosto de vocês!”

Se eu tivesse um buraco no chão…. Imediatamente o repreendi:

“Oh, filho, isso não se diz!”

“Porquê?” – pergunta. “Mas, eu não gosto delas!” – diz assertivo.

Fiquei por momentos desarmado, mas lá me recompus e expliquei-lhe que não podemos dizer tudo o que pensamos sem cuidado por que senão podemos magoar as outras pessoas.

Ao vir embora pensei com os meus botões:

“Isto da “Verdade” tem que se lhe diga!”

_______________________________________

É maravilhoso como Deus consegue ao mesmo tempo revelar a verdade acerca da nossa condição miserável e fazer-nos sentir amados e desejados. É assim o Amor Insondável!