O culpado!

Conversa à mesa do lanche, deliciados com um chocolate quente e bolachas caseiras:

I. – O Jão?

S.- Foi à sala.

I.- O Jão? Tau-tau Jão!

H. – Porquê? O que é que o J. fez?

A I. olha em volta como que procurando alguma coisa de que acusar o irmão.

S. – O J. não fez nenhuma asneira.

H. – Quem é que fez asneiras? Foi a Né?

I. – Não! Foi a mamã! Tau-tau mamã!

Risada geral! 😀

É impressionante como mesmo tão pequeninos, e sem ninguém nos ensinar, sabemos atirar com as culpas para cima dos outros para escapar do castigo e da vergonha.

Anúncios

Partilha os teus pensamentos:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s