O valor dos actos :: Devocional

15.Abr :: Provérbios 20:11

Em tempos idos, os actores no Teatro eram normalmente todos homens. Assim, sempre que era necessário apresentar uma personagem feminina, um homem disfarçava-se. Vestia um vestido, punha uma cabeleira, maquilhava-se e modelava a voz para soar mais feminina. Aos olhos de todos criava-se a ilusão de se tratar de uma mulher. O actor, no entanto, não deixava de ser homem.

Habituamo-nos desde crianças a colocar máscaras. Queremos projectar uma imagem para os outros que nem sempre corresponde àquilo que verdadeiramente somos. Algumas pessoas tornam-se peritas nessa arte da ilusão. Mas… as acções sempre revelam a verdadeira natureza do Homem. Podemos ser hábeis em enganar os outros mas, há sempre um tempo em que a máscara cai.

Disse Jesus: “pelos seus frutos os conhecereis.” (Mateus 7:20 )

  1. Qual é o grau de honestidade da imagem que projectas para os outros?
  2. O que podes fazer para que a tua imagem se torne mais genuína?
  3. Temos um ditado popular que diz que “a boca fala daquilo que o coração está cheio”. Como é que isto se aplica ao assunto de hoje?
Anúncios

Partilha os teus pensamentos:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s