O que é o suficiente para ti?

Hoje passou por mim um colega de liceu que já não via há anos. Conduzia um jipe reluzente topo de gama. Confesso que por um instante me bateu uma pontinha de inveja. Ok, muita inveja! “Por que é que eu não posso ter um?” Mas, ao entrar no meu carro já essa ideia tinha voado. Dei por mim a pensar se isso realmente faria diferença na minha vida. Concluí que não. Pode parecer uma falsa humildade, mas a verdade é que estou muito feliz com a vida que tenho. Não sinto falta de coisa nenhuma.

Lembro-me do que disse David: “O Senhor é o meu pastor; nada me faltará.” (Sl.23.1) Nada me faltará. Não sentirei falta de coisa nenhuma. O meu contentamento está no Senhor e não naquilo que tenho ou deixo de ter.