Estratégias de guerra :: Devocional

13.Maio :: Provérbios 25:21-22

Imagina a cena. Uma sala austera, paredes de cimento, quadros com gráficos e mapas por todo o lado. Uma mesa comprida ao centro. Em redor dela um grupo de homens. Todos fardados. Generais. Comandantes. Debatem. Exaltam-se. Os rostos sérios e cerrados fazem antever grandes dificuldades. Alguém toma a palavra e diz:

“E, se… lhes déssemos o que eles precisam?”

Um silêncio pesado abate-se sobre a sala. Os olhos de todos fixam-se sobre o homem que falou. “Estará louco?” Passada a perplexidade voltam ao remoer da situação difícil em que se encontram. É necessário encontrar uma estratégia para pôr fim à guerra!

  1. Esta história é um  pouco exagerada. Mas, o texto de hoje propõe uma atitude semelhante. Amar os inimigos ao ponto de os abençoar é uma estratégia de guerra que promove a paz. Como achas que isso funciona?
  2. Por que achas que todos ficaram perplexos com a sugestão daquele homem? Qual é o maior impedimento a seguir essa sugestão?
  3. Pensa nos teus relacionamentos. Há alguém com quem mantenhas uma relação difícil? Qual tem sido a tua estratégia? Guerra? Retribuir mal com mal? Indiferença? Ora e pede a Deus que te ajude a trazer amor para esse relacionamento.
Anúncios

Partilha os teus pensamentos:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s