Olhos no prémio

O meu filho J. é um quebra-cabeças gastronómico. Ele detesta ervilhas mas, adora cebolas! J Nunca entendemos muito bem o seu estranho gosto mas hoje, à mesa do jantar, tivemos as nossas respostas. Ao reparar que a taça da salada estava a ficar vazia, ele pediu: “Posso comer mais cebola, se faz favor? Por favor, papá, posso?” Como é que um pai resiste a um pedido destes? Enquanto lhe servia a desejada cebola ele completou: “A cebola faz os meus olhos bonitos!” A S. e eu mal aguentámos de tanto rir. Então é por isso que apesar de todas as caretas que ele faz enquanto come, continua a pedir mais. Oh, a vaidade! J Costumamos dizer-lhe que as cenouras fazem os olhos bonitos, mas ele confundiu cenouras com cebolas e atirou-se a elas. Ele tem os seus olhos no prémio e suportará todos os sacrifícios para o atingir.

Se nós valorizássemos os nossos alvos tanto como ele, talvez não nos queixássemos tanto, e seguramente seríamos muito mais bem sucedidos.

Anúncios

Partilha os teus pensamentos:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s