Caminhos

“A sabedoria do prudente é entender o seu caminho.” (Prov.14.8)

Os meus filhos, J. e I., sendo ainda pequenos estão em fase de intensa descoberta e definição de carácter. Testam constantemente os limites tentando encontrar o padrão de comportamento ideal. Muitas vezes, acabam em maus lençóis, pois não conseguem ainda avaliar bem as consequências das suas atitudes.

Somos, às vezes, como eles. Esforçamo-nos por levar a vida para a frente por tentativa e erro, esperando acertar na solução certa. Mas, será que tem de ser assim?

O J., mais velho e por isso mais experiente, abraçou recentemente uma nova abordagem a este desafio. Frequentemente, antes de fazer alguma coisa, mesmo sabendo que talvez não seja boa ideia, achega-se a mim ou à S., e pergunta: “Posso fazer isto, ou aquilo, papá? Posso?”

Ele, criança que é, revela a sabedoria de reconhecer as suas limitações, e a segurança de que os pais, não defraudarão a sua confiança. Ele entende que o “seu caminho” é quase sempre melhor avaliado por quem tem uma perspectiva mais abrangente das circunstâncias e do futuro.

Não podemos nós aprender com o seu exemplo? Afinal, o próprio Cristo disse que se não fôssemos como crianças, não entraríamos no Reino dos Céus. (Mt.18:3)

A nossa maior prova de sabedoria está no facto de entregarmos nas mãos do Pai o caminho que percorremos.

Anúncios

Partilha os teus pensamentos:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s