Telhados de vidro

“A melhor hora para se consertar o telhado é quando o tempo está bom.” (John F. Kennedy, 1917-1963)

“Lembra-te do teu Criador nos dias da tua juventude, antes que venham os dias difíceis e antes que se aproximem os anos em que dirás: “Não tenho satisfação neles” (Eclesiastes 12:1)

Quando li a citação de Kennedy no jornal de hoje lembrei-me imediatamente do texto de Eclesiastes. E pensei como esta sabedoria está a perder-se nos dias de hoje. O modo como estamos a educar as gerações actuais centra-se na idéia do imediatismo. Tudo aqui e agora. Este pensamento tem uma implicação subtil que muitas vezes nos escapa – vivemos como se não houvesse amanhã. Não nos preparamos para os dias difíceis, e ignoramos que a força para resistir ao tempo de crise desenvolve-se no tempo de paz. Na crise falha-nos tantas vezes a lucidez, a tranquilidade, a disponibilidade para aprender. Reagimos, em lugar de agirmos. Este é o caminho da ruína.

E, se as consequências deste modo de pensar são graves no que concerne à nossa vida quotidiana, são catastróficas quanto à vida eterna. Muitos chegarão à presença de Deus com telhados de vidro, que serão estilhaçados quando tiverem que suportar a justiça perfeita e santa do Santo.

“Lembra-te do teu Criador…” e busca refúgio em Cristo, que nunca te deixará sem abrigo.

“Misericórdia, ó Deus; misericórdia, pois em ti a minha alma se refugia. Eu me refugiarei à sombra das tuas asas, até que passe o perigo.” Salmos 57:1

Anúncios

Partilha os teus pensamentos:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s