Árvore familiar

 

"A árvore da Vida", no centro das 3 ramificações principais está o organismo ancestral comum, LUCA, que deu supostamente origem a todas as formas de vida existentes no planeta.

Ontem assisti a um documentário que defendia a Teoria da Evolução como explicação para a origem e diversidade da vida na Terra. Descobri um “antepassado”, um “avô” em muitos graus de seu nome LUCA ( siglas de Last Universal Common Ancestor, ou, Último Ancestral Comum Universal). 🙂 Foi muito interessante e devo dizer que concordei com muita coisa que foi dita. Estranho?

“Todas as formas de vida partilham, em maior ou menor grau, traços biológicos comuns.”

Esta importante descoberta é a base da Teoria da Evolução. Quanto mais traços comuns, maior proximidade evolutiva existe. E mais recente é o seu “aparecimento” no planeta. No entanto, todas as formas de vida podem ser traçadas a um ancestral comum, a partir do qual todas evoluíram.

Curiosamente, ao considerar esta evidência científica não consigo chegar à mesma conclusão. Perceber que todas as formas de vida partilham traços comuns é para mim a evidência da existência de um UCCU – Único Criador Comum Universal. Um único Deus, criando todas as coisas não usaria princípios de design comuns?

Pensemos em qualquer artista plástico, um pintor, por exemplo. Ao observarmos um quadro de Picasso reconhecemos imediatamente a sua autoria. Porquê? Pela existência de traços comuns rapidamente identificáveis com o autor. No entanto, ao longo da sua carreira o seu estilo foi variando e os elementos a que atribuiu maior importância foram sendo diferentes. Mas, nenhum dos seus quadros deixa de ser um Picasso. Um autor. Um traço comum. Uma diversidade de telas.

Como então concluir através dos elementos comuns à Vida que todos evoluímos de um ser primordial comum? E esse ser, de onde veio?

A fé está nos olhos de quem vê. Aos homens que querem desprezar Deus, tudo, mesmo que desprovido de sentido, serve para corroborar a sua fé no nada. Os que buscam a Deus, em TUDO veêm a sua mão sublime e poderosa.

“Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis;
Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.
Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.”
Romanos 1:20-22
Anúncios

One thought on “Árvore familiar

  1. Reblogged this on AdCausam and commented:

    Encontrei este artigo que escrevi em 2010. Resolvi partilhá-lo aqui novamente.
    “A fé está nos olhos de quem vê. Aos homens que querem desprezar Deus, tudo, mesmo que desprovido de sentido, serve para corroborar a sua fé no nada. Os que buscam a Deus, em TUDO veêm a sua mão sublime e poderosa.”

    Gostar

Partilha os teus pensamentos:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s