Leitura recomendada: João 1:6-8

No seu livro “Pálido Ponto Azul”, o astrofísico Carl Sagan reflecte filosoficamente sobre a insignificância cósmica do Homem. A dado ponto conclui: “Na nossa obscuridade, em toda a sua imensidão, não há nenhum indício de que alguma ajuda venha de outro lugar para salvar-nos de nós próprios.

Sagan não é o único a reflectir sobre a condição humana e a chegar a um lugar sem propósito nem esperança. Uma pesquisa rápida comprova exactamente isso:

“Ninguém pode salvar ninguém. Temos de nos salvar a nós próprios.” (Melville , Hermann)

“No início da minha vida criativa eu amava a Humanidade. Eu queria fazer algo de bom para a Humanidade. Cedo percebi que não é possível salvar a Humanidade.” (Szymborska , Wislawa)

“Salvar é uma grande palavra. E amor é uma palavra ainda maior. Grandes palavras escondem grandes enganos.” (Mia Couto)

Da ilusão utópica da auto-salvação, ao catastrofismo fatídico da nossa autodestruição, passando pelo desencantamento das tentativas falhadas, no vale das sombras onde nos encontramos, parece que por onde quer que vamos apenas alcançamos maiores trevas. É inútil lutar contra as trevas enquanto travamos uma guerra furiosa contra a Luz.

É inútil lutar contra as trevas enquanto travamos uma guerra furiosa contra a Luz.

Mas, espera! Sagan está enganado! Melville e Szymborska erram a análise! Mia Couto encontra apenas meia-verdade. Sim, salvar é uma grande palavra. Amor uma ainda maior. Mas, o que elas escondem não é engano mas, esperança! Porque há Alguém que nos Ama. Há Alguém que vem salvar-nos! Há uma Luz que brilhará para conduzir-nos para além das trevas:

“O povo que andava em trevas viu grande luz, e aos que viviam na região da sombra da morte resplandeceu-lhes a luz.” (Isaías 9:2)

Deus está em missão de salvamento. É d’Ele a iniciativa de amar-nos antes da reconciliação. É d’Ele a iniciativa de buscar-nos quando e onde estávamos perdidos. É d’Ele a Voz que quebra a cacofonia tenebrosa e nos chama à Luz. É d’Ele a Vida que nos arranca dos grilhões da Morte. Antes que a Luz viesse, Deus envia João, conhecido como O Baptista, para preparar o caminho, para apontar para a verdadeira Luz, a fim de que todos cressem.

“Vejam! Envio meu mensageiro, que preparará o caminho diante de mim. Então, de repente, o Senhor a quem vocês buscam virá a seu templo. O mensageiro da aliança, por quem vocês anseiam, certamente virá”, diz o Senhor dos Exércitos.” (Malaquias 3:1 , NVT)

Não te escondas nas sombras, nem deixes que o vale da morte te roube a esperança. A Luz veio – o seu nome é Jesus. Se O buscares, encontrarás. Se O desejares, Ele virá a ti. A Salvação está perto!